O Que é Microagulhamento? Saiba tudo sobre a Terapia de Indução de Colágeno!

Não temos dúvidas de que a técnica de Microagulhamento caiu no gosto de muitas celebridades e nosso também!

page

A terapia de indução de colágeno por Microagulhamento teve seu auge em 2013 na Beauty Fair, onde várias empresas associaram seus cosméticos à técnica de microagulhamento e de lá pra cá muita coisa mudou, graças ao constante aperfeiçoamento da técnica e dos profissionais.

Em 1995, ORENTREICH & ORENTREICH descreveram o termo “subcisão” como sendo um meio de estimular tecido conectivo sob cicatrizes e rugas retraídas.

FERNANDES, de forma simultânea e independente, usou uma técnica semelhante para tratar o lábio superior introduzindo uma agulha na pele e produzindo túneis paralelos à superfície da pele, sob-rugas, em várias direções.

CAMIRAND & DOUCET trataram cicatrizes com pistolas de tatuagem para simular uma abrasão com agulha.

Com base nesses princípios, DESMOND FERNANDES projetou um aparelho especial para a TIC (Terapia de Indução de colágeno) constituído por um cilindro rolante com microagulhas em intervalos regulares.

A técnica foi denominada de Colagen Induction Therapy ou Terapia de Indução de Colágeno.

microagulhamento-1

A terapia de indução consiste em estimular ou aumento de colágeno pela pele através de um estímulo mecânico gerado pelo  rolamento de um cilindro com 540 microagulhas sobre a pele, iniciando processo inflamatório, proliferação celular e remodelação tecidual.

Além do estímulo de colágeno o que favorece o preenchimento de rugas mais profundas, linhas de expressão, melhora da flacidez tissular, estrias, cicatrizes de acne é o drug delivery. Que consiste na permeação de ativos.

No momento em que está se fazendo o microagulhamento, ocorre a formação de micro canais na pele, o que favorece em até 80% a entrega de ativos nas camadas mais profundas da pele. Neste momento podemos permear ativos que sejam específicos para tipo de disfunção que se pretende tratar.

microagulhamento-info

As indicações são: rugas estéticas e dinâmicas, cicatrizes atróficas e hipertróficas, flacidez tissular, estrias brancas e vermelhas, calvície, clareamento de hipercromias e tratamento de adiposidades (neste caso para permeação de ativos lipolíticos).

As contra indicações são extensas desde rosácea ativa, acne ativa, pessoas com problemas de cicatrização, doenças do colágeno, uso de corticóides, doenças de pele, câncer de pele e etc.

Por isso é muito importante procurar um profissional habilitado na técnica e com conhecimento para fazer a indicação se a técnica é indicada ou não.

O uso de fator de proteção solar, maquiagens somente 24h após a técnica de microagulhamento. Neste período gosto de indicar uma água thermal, para ajudar a hidratar.

Quando falamos em cosméticos devemos pensar sempre em evitar permear produtos que contenham conservantes, fragrâncias, silicones, ácidos queratolíticos, argilas que podem causar desconforto e até problemas no decorrer do tratamento.

Devemos sempre permear produtos que sejam seguros e indicados para a técnica de microagulhamento.

Segue alguns ativos que podem ser usados: Vitamina C, colágeno, ácido hialurônico, fatores de crescimento, ácido tranexâmico, polifenóis, silício, resveratrol… Enfim existe uma variedade de ativos.

E agora segue umas dicas especiais!

1 Sempre avaliar muito bem a pele antes e verificar se realmente existe a indicação para terapia de indução de colágeno.

2 Escolher o tamanho de agulha ideal é essencial para o sucesso do tratamento. Lembrando que quanto maior a agulha, maior a injúria.

3 Preparação da pele: Sempre preparo a pele antes com limpeza de pele, em outra sessão um tratamento revitalizante. Neste tratamento use e abuse de ativos antioxidantes e hidratantes. Associe recursos eletroterapicos, como a Microcorrentes, ionização, led e laser , etc. Use as massagens faciais como a lifting e a relaxante com cremes que ajudam a melhorar a hidratação.

4 Depois de quatro a cinco dias após o microagulhamento é importante realizar uma sessão rica em ativos antioxidante, como a vitamina C, por exemplo. Após o  início do processo inflamatório ocorre a geração de radicais livres.  A estratégia antioxidante ajuda a evitar a minimizar os efeitos dos radicais, além de que estará cuidando e nutrindo a pele a fim de fornecer ativos que são essenciais na formação do colágeno.

5 Respeite o intervalo mínino das sessões. Desta maneira você estará respeitando a fisiologia do tempo de produção de colágeno.

6 Respeite as normas de biossegurança. Nós somos responsáveis por qualquer dano que possamos causar no nosso cliente. O roller é descartável, portanto seu uso é único.

7 Além da avaliação como citada anteriormente, é muito importante o termo de consentimento, onde você deve colocar todas as informações com relação ao cuidados home care, o tempo de recuperação da pele, possíveis reações e sintomas. Isso fará como que o ciente veja a seriedade no seu trabalho.

Eu sou apaixonada pela técnica de Microagulhamento, os resultados são muito bons e satisfatórios.

Mas, lembre-se de se aperfeiçoar e estudar!

Espero que tenham gostado das dicas!

Com carinho,

Juliana Perardt

 

Juliana Perardt

Apaixonada pela Estética. Sou esteticista, geminiana, amante do rock ’n’ roll e corrida. Professora do Curso Superior de Estética. Ministro cursos de aperfeiçoamento destinados a profissionais de Estética, com 10 anos de experiência.

Website: http://www.julianaperardt.com.br