O Que É Jato de Plasma?

Olá Profissionais de Estética, tudo bem?

Hoje quero falar sobre nova tecnologia, Jato de Plasma e Eletrocautério!

O que é Jato de Plasma?

No nosso dia a dia é comum vermos as substâncias nos chamados três estados de agregação da matéria que são sólido, líquido e gasoso. Porém existe um quarto estado físico da matéria, que não é tão comum aqui na Terra, mas acredita-se que 99% de tudo que existe no universo esteja neste quarto estado chamado PLASMA.

Para se formar o plasma é necessário que a matéria no estado gasoso seja aquecida a temperaturas elevadíssimas. Essa alta temperatura faz com que as moléculas do gás se rompem formando átomos livres que por sua vez perdem e ganham elétrons gerando íons. Assim, podemos dizer que o plasma é formado por um conjunto quente e denso de átomos livres, elétrons e íons, em uma distribuição quase neutra (o número de partículas positivas e negativas é praticamente igual). 

O jato de plasma pode ser entregue diretamente no tecido, com ou sem geração de faísca; o que vai definir o modo de aplicação é a finalidade do tratamento. 

O que é Eletrocautério?

A tecnologia do eletrocautério através de descargas elétricas controladas gera carbonização do tecido e diferentemente da tecnologia plasma em que o gás é transformado, a eletricidade é diretamente aquecida e usada para realizar a carbonização.

O eletrocautério é capaz de gerar o plasma através de uma corrente contínua a 1 mm de distância da pele e então o plasma gerado é capaz de atravessar a membrana celular através da modificação do potencial elétrico. Essa mudança na polaridade da membrana estimula a produção de colágeno e outras biomoléculas atuando no rejuvenescimento da pele.

Após o dano causado na pele inicia-se o processo de cicatrização onde destacam três fases importantes: Inflamação, fase proliferativa e maturação.

Muito importante ter domínio e conhecimento da técnica para causar agressão controlada e saber orientar de maneira correta o cliente com cuidados pós procedimento. Infelizmente estamos observando uma série de erros e uso incorreto da tecnologia, levando a lesões irreversíveis, manchas, necrose, infecções e outros danos. Lembrando que nossa missão é elevar a auto estima e bem estar das pessoas.

As principais indicações são: estímulo de colágeno, rugas, lifting, clareador, despigmentação de sobrancelhas, cicatrizes de acne e estrias. Antes do início do tratamento é necessário boa avaliação da pele, bem como preparação da pele, indicação home care e orientação home care do pós procedimento.

As contra indicações principais são aplicação em lesões cancerígenas, não aplicar em manchas altas, verrugas, melasma, pacientes cardiopatas que possuem marcapasso, não aplicar juntamente com outros equipamentos, não utilizar em lesões de herpes labial (neste caso se o cliente tem histórico de herpes importante fazer uso da profilaxia).

Estratégias como a associação do conceito In (Nutricosméticos), complementam nosso tratamento, utilizar substâncias antioxidantes e estimuladores do colágeno favorecem os resultados.

Para finalizar, análise da pele, equipamento com Anvisa, estratégia pré, durante e pós procedimento garantem o sucesso!

Beijos,

Juliana Perardt

Juliana Perardt

Juliana Perardt é Tecnóloga em Estética. Especialista em Estética e Saúde e em Cosmetologia. Atuou durante 9 anos como docente no ensino técnico e superior de Estética. Docente em Cursos de Pós -Graduação na área da Estética. Hoje dedica-se 100% a sua empresa de Cursos e Treinamentos em Estética, com centenas de alunas em Cursos Presenciais e Online! Palestrante em Congressos e Simpósios. 14 anos de experiência na área da Estética! Autora dos Canais Ju, Me Ajuda?

Website: http://www.julianaperardt.com.br